Notícia Anterior Próxima Notícia

Percentual de contribuição: quanto maior, melhor

Seu percentual de contribuição precisa estar alinhado com suas perspectivas para a aposentadoria. Quanto maior for esse percentual, maior será o seu patrimônio na hora de receber o benefício mensal.

Mas essa reflexão deve ser feita o quanto antes para que os juros compostos trabalhem a seu favor por mais tempo. De 1º a 31 de dezembro, os participantes ativos e autopatrocinados dos planos Visão Telefônica e Visão Multi podem rever seus percentuais. Acompanhe, a seguir, as explicações sobre os tipos de contribuição de cada plano e as dicas de Paulina Pantalião, diretora de Previdência da Visão Prev, sobre os principais aspectos a analisar nesse momento.


As opções

No plano Visão Telefônica
  • Básica*: opcional e em percentual inteiro, de 0% a 8% do Salário de Participação, descontada em folha, com contrapartida de 100% da patrocinadora.

  • Suplementar: opcional e em percentual inteiro sobre o Salário de Participação, descontada em folha, sem contrapartida da patrocinadora.

    Há também a Contribuição Esporádica que é opcional, sem contrapartida da patrocinadora, e pode ser feita no valor e frequência determinados pelo participante.

    * Para quem era elegível à aposentadoria no momento da incorporação dos planos, foram mantidas a Contribuição Básica (até 2%) e a Adicional (até 7%).

No plano Visão Multi
  • Básica: obrigatória e em percentual inteiro, de 0% a 2% do Salário de Participação, descontada em folha, com contrapartida da patrocinadora proporcional ao tempo de empresa.

  • Adicional: opcional, em percentual inteiro, de 0% a 5% sobre a parcela do Salário de Participação que exceder 9 URPs (clique aqui para consultar o valor da URP), descontada em folha, com contrapartida da patrocinadora proporcional ao tempo de empresa.

  • Suplementar: opcional, em percentual inteiro sobre o Salário de Participação, descontada em folha, sem contrapartida da patrocinadora.

    Há também a Contribuição Esporádica que é opcional, sem contrapartida da patrocinadora, e pode ser feita no valor e frequência determinados pelo participante.


Para refletir

Veja as recomendações da diretora de Previdência da Visão Prev, Paulina Pantalião, para avaliar e definir seu percentual:

  • Procure contribuir com o máximo possível. Além de estar formando sua poupança para viver melhor na aposentadoria, você pode usufruir o incentivo fiscal até o limite dos 12% do total dos rendimentos tributáveis anuais para quem faz a Declaração de Ajuste Anual de IR pelo modelo completo (clique aqui para ler a matéria sobre esse incentivo na última edição do Mirante).

  • Utilize as ferramentas para simulação de contribuições que a Visão Prev disponibiliza em seu site: na área aberta, em “Para Você” > “Simulador para Ativos” (clique aqui) ou na aba “Simulação” da área restrita (acesso com seu login e senha). Assim, você percebe melhor o impacto do valor das contribuições sobre seu saldo na aposentadoria.

  • Reflita sobre qual é o seu tempo de contribuição até a aposentadoria. Essa análise permite decidir qual deve ser sua contribuição para conseguir formar uma boa reserva.

  • Se você é participante ativo, aproveite ao máximo a contrapartida da patrocinadora que potencializa ainda mais sua reserva.

  • Avalie suas despesas fixas mensais para estabelecer suas contribuições, considerando-as em seu planejamento.

  • Ao analisar as despesas mensais, procure identificar itens supérfluos que podem ser eliminados ou reduzidos a fim de aumentar sua capacidade de contribuição.

 


Quer alterar seu percentual?

Então, clique aqui e veja o passo a passo para fazer a mudança. Agora, a alteração também pode ser feita pelo app da Visão Prev (saiba mais aqui).

Notícia Anterior Próxima Notícia