Notícia Anterior Próxima Notícia

Como será o Plano de Custeio em 2019

 

O Conselho Deliberativo da Visão Prev aprovou, em sua primeira reunião do ano, no dia 21 de março, os Planos de Custeio que irão vigorar de abril de 2019 a março de 2020. Por determinação legal, as entidades fechadas de previdência complementar (como a Visão Prev) devem rever anualmente o Plano de Custeio de seus planos de benefícios, a partir de um processo de avaliação atuarial, realizado por especialistas contratados.
Essa avaliação monitora a saúde financeira de cada plano e determina qual é a necessidade de recursos para assegurar o pagamento dos benefícios previstos nos respectivos Regulamentos e das despesas administrativas. A análise leva em conta fatores biométricos, demográficos, econômicos e financeiros. Veja, abaixo, como funciona o custeio dos planos:

Telefônica BD

A partir do resultado de uma avaliação atuarial, os valores de custeio para os benefícios previstos no Regulamento são definidos para o ano seguinte e as despesas administrativas são cobertas pelo Fundo Administrativo*.

Visão Telefônica e Visão Multi

O custeio é basicamente composto pelos benefícios de risco, com valor determinado pela Avaliação Atuarial (e totalmente assumido pelas patrocinadoras e autopatrocinados) e pelo custeio administrativo que será detalhado a seguir.

Visão Telefônica – Custeio Administrativo

No caso das despesas administrativas*, o custeio é feito com a utilização do Fundo Administrativo (para ativos e assistidos) e diretamente pelos autopatrocinados, BPDs (Benefício Proporcional Diferido) e AOPs (Aguardando Opção), considerando uma tabela calculada em função do saldo de conta do participante, conforme abaixo (para abril de 2019 a março de 2020):

Faixa de saldo

Cobrança anual (valor pago pelos autopatrocinados, BPDs e AOPs)

Até R$ 10.000,00

R$ 78,00 distribuídos em 12 parcelas mensais

De R$ 10.000,01 a R$ 50.000,00

0,95% aplicado sobre o saldo de 31/12/2018 distribuídos em 12 parcelas mensais

De R$ 50.000,01 a R$ 200.000,00

0,75% aplicado sobre o saldo de 31/12/2018 distribuídos em 12 parcelas mensais

De R$ 200.000,01 a R$ 500.000,00

0,50% aplicado sobre o saldo de 31/12/2018 distribuídos em 12 parcelas mensais

De R$ 500.000,01 a R$ 1.250.000,00

0,20% aplicado sobre o saldo de 31/12/2018 distribuídos em 12 parcelas mensais

Acima de R$ 1.250.000,00

R$ 2.500,00 distribuídos em 12 parcelas mensais

Visão Multi – Custeio Administrativo

O custeio das despesas administrativas é feito por todos os participantes do plano, considerando uma tabela definida em função do saldo de conta do participante, conforme abaixo (para abril de 2019 a março de 2020):

Faixa de saldo

Cobrança anual(valor pago por todos os participantes)

Até R$ 10.000,00

R$ 60,00 distribuídos em 12 parcelas mensais

De R$ 10.000,01 a R$ 50.000,00

0,75% aplicado sobre o saldo de 31/12/2018 distribuídos em 12 parcelas mensais

De R$ 50.000,01 a R$ 200.000,00

0,50% aplicado sobre o saldo de 31/12/2018 distribuídos em 12 parcelas mensais

De R$ 200.000,01 a R$ 500.000,00

0,30% aplicado sobre o saldo de 31/12/2018 distribuídos em 12 parcelas mensais

De R$ 500.000,01 a R$ 1.250.000,00

0,15% aplicado sobre o saldo de 31/12/2018 distribuídos em 12 parcelas mensais

Acima de R$ 1.250.000,00

R$ 2.000,00 distribuídos em 12 parcelas mensais

Vale lembrar que, além das informações mencionadas anteriormente, os participantes dos planos Visão Telefônica e Visão Multi também fazem contribuições que, juntamente com a contrapartida da empresa, comporão o saldo de conta individual.

*Por serem mais antigos e, portanto, terem mais recursos acumulados em caixa (no chamado Fundo Administrativo), três planos cobrem os custos administrativos, utilizando o saldo desse Fundo, da seguinte forma: Visão Telefônica (para ativos e assistidos), PreVisão (para assistidos) e Telefônica BD (para todos os participantes).

Notícia Anterior Próxima Notícia